VINDE VEDE 2020

A Arquidiocese de Cuiabá já está em pleno vapor nos trabalhos de preparação para o 34º Vinde e Vede/2020.

.

Este Mega Encontro de Oração é o maior evento religioso, nos dias de carnaval em Mato Grosso reunindo cerca de 150.000 (cento e cinquenta mil) pessoas nos quatro dias, de evento.

.

Nestes dias o Memorial torna-se a “Cidade da Fé” do Mato Grosso, com um ambiente todo preparado com muito carinho e responsabilidade para receber bem os fiéis, com tendas para a cobertura do local, abrigando os participantes do sol e da chuva, além dos espaços como: praça de alimentação, shopping de artigos católicos, emergência médica e estacionamento para os veículos proporcionando conforto e segurança, criando um ambiente muito familiar,com uma estrutura totalmente idealizada para acomodar e proporcionar quatro dias de intensa interatividade, alegria, fé, oração e devoção!

Este ano a temática central do Evento será “Maria levantou-se e partiu apressadamente” Lc 1,39 e será realizado nos dias 22, 23, 24 e 25 de fevereiro/2020 no Memorial Papa São João Paulo II (Avenida Oátomo Canavarros – Morada do Ouro Cuiabá -MT. A entrada é gratuita e sem necessidade de inscrições para participar,mas você pode adquirir as rifas nas paróquias e contribuir com este Mega Evento de Evangelização.

.

Programação (Dias 22,23,24 e 25 de Fevereiro):
1º Dia: 22/02/2020 (Sábado) – Abertura com o MicareCristo a partir das 19h00
2º Dia: 23/02/2020 (Domingo): Dia de Louvor com a Renovação Carismática Católica a partir das 14h
3º Dia: 24/02/2020 (Segunda): Grande Cenáculo Mariano com o Movimento Sacerdotal Mariano a partir das 14h
4º Dia: 25/02/2020 (Terça) : Grande Kairós a partir das 10h30

Pregadores:
Vicente Gomes Machado (Renovação Carismática Católica de Góias)
Pe. José Francisco (Movimento Sacerdotal Mariano)
Pe. Bruno Costa (Canção Nova do Distrito Federal)
Flavinho (Missionário de São Paulo).

O Mutirão das Confissões”, acontecerá exatamente aos pés da Cruz, lugar onde São João Paulo II celebrou a Santa Missa aos 16 de outubro de 1991.

.

Fonte: Arquidiocese de Cuiabá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Fale Conosco